Alta performance e soluções sustentáveis

A tecnologia de sinterização da Siemens VAI garante alta qualidade de sinter para a melhor operação do alto forno, com alta flexibilidade e baixo custo operacional.

Requerimentos para disponibilidade, qualidade de processo e produtividade de plantas de sinterização estão crescendo continuamente, enquanto ao mesmo tempo um crescente número de regulamentações ambientais demandam investimento excessivo. Como desenvolvedores de plantas, nosso trabalho é criar conceitos que ofereçam a melhor solução possível para atendendo às exigências ambientais e necessidades econômicas, simultaneamente.


SIMETAL Recirculação Seletiva de Gás Residual

A Siemens VAI desenvolveu e implantou novas tecnologias que permitem que as emissões da produção no ambiente de sinterização sejam reduzidas para os níveis não alcançados anteriormente. Esta condição foi alcançada com a introdução de um Sistema de Recirculação Seletiva de Gás Residual, em que os gases emitidos de áreas selecionadas da máquina sinterizadora são misturados ao ar do resfriador e/ou ar ambiente, e recirculados na mesma.

Este processo também permite uma grande economia de combustíveis sólidos, devido à contribuição de CO de combustão e calor recirculado. Enquanto a capacidade de sinterização pode ser aumentada, o volume do gás expelido é constante, diminuindo remessas e emissões de poluentes. Os custos específicos de investimento são minimizados, e os equipamentos adicionais para as instalações de limpeza de gás são otimizados em termos de investimentos e custos operacionais.


Aumento da capacidade da máquina sinterizadora

Com a nova geração de máquinas sinterizadoras, os chamados carros de pelotização com barras de grelha, é possível aumentar a capacidade da máquina sinterizadora em até 12%. Também é possível reduzir o volume de efluentes gasosos instalando coberturas, as quais reduzem a saída de ar das laterais de máquinas sinterizadoras convencionais.


Utilização de resíduos em usinas de sinterização

A abordagem da Siemens VAI com relação aos resíduos envolve o aumento de materiais de reciclagem em usinas de sinterização. Este procedimento tem se provado uma forma econômica para os subprodutos da usina (pó, lodo, raspas, etc.) de atividades integradas com aço. Os efeitos resultantes da qualidade de sinterização, emissões e usinas de limpeza de gás também são levados em consideração. Os limites de emissão do gás residual sinterizado e parâmetros de qualidade da sinterização produzida são os dois fatores limitantes mais importantes. A principal vantagem deste procedimento é o reuso de materiais residuais geralmente ricos em ferro, fluxo e válvula de combustível. Isto permite que os operadores da usina economizem nos custos de descarte e substituição de matérias-primas. Os custos de investimento da utilização de resíduos são reduzidos se for utilizada uma usina de sinterização existente.

O sistema especializado de automação SIMETAL Sinter VAiron controla o processo para realizar a sinterização com propriedades químicas e físicas estáveis, com alta produtividade e baixo consumo de combustível, e conformidade com normas ambientais. Para alcançar estas metas, o sistema especializado analisa os dados de materiais cobrados e produzidos, bem como dados de processos da usina de sinterização, áreas de armazenamento e mistura, e propõe as melhores estratégias de operação.


MEROS – Redução Maximizada de Emissões na Sinterização

A Siemens VAI desenvolveu o processo MEROS visando reduzir as emissões específicas para dentro dos valores recomendados. O MEROS é capaz de reduzir pó, gases ácidos e componentes prejudiciais metálicos e orgânicos presentes no gás emitido pela sinterização para concentrações nunca antes atingidas, por meio de técnicas de tratamento de gás convencionais. Com a tecnologia MEROS da Siemens VAI, as emissões de poluentes podem ser reduzidas para atender às normas ambientais, com custos viáveis de investimento e operacionais. O processo MEROS é caracterizado por uma série de etapas de tratamento, em que o pó e poluentes ainda presentes no gás emitido pela sinterização após a etapa primária de despoeiramento (ex. precipitador eletrostático ou tipo ciclone) ainda ser reduzida.

Visando aumentar a eficácia de limpeza de gás e reduzir de forma significativa os custos cumulativos, as partículas de pó separadas são recicladas no fluxo de gás emitido. Parte deste pó é removido do sistema e transportado para silos de armazenagem intermediários, para serem utilizados em seguida em aplicações que não prejudicam o meio-ambiente. As emissões de pó são reduzidas no processo MEROS em <5 mg/Nm3 no gás limpo e as emissões de metais pesados em mais de 95%. Os compostos orgânicos são visivelmente eliminados e as emissões de SO2 bastante reduzidas.



Sistema intensivo de mistura e granulação Siemens VAI

O Sistema intensivo de mistura e granulação Siemens VAI melhora a homogeneidade da mistura bruta de sinterização, e permite que os minérios fino e ultrafino, concentrados, e o material revertido sejam sinterizados de forma econômica. Isto resulta em uma maior permeabilidade da base de sinterização, uma área mais equalizada de oxidação e consumi de energia reduzido, o que consequentemente aumenta a produtividade geral. Além disso, o preparo da mistura de sinterização permite que os operadores da usina eliminem as áreas de armazenamento e mistura e, desta forma, reduzam as exigências da área e custos com investimentos para uma usina de sinterização.

O Sistema de Carregamento de Duas camadas carrega a mistura de sinterização na máquina sinterizadora, por meio da segregação em duas camadas com tamanho médio de grão diferentes. A camada superior consiste de um tamanho médio menor de grão e uma concentração mais alta de coque, o que gera uma ignição excelente, ao passo que a camada inferior garante a alta permeabilidade e uso eficaz de combustível sólido.


Modelo de resfriador e sistemas de recuperação de energia

O novo modelo de resfriador de sinterização com Canais de Resfriador com Barras de Grelha gera maior eficácia no resfriamento, o que resulta na redução do volume de ar resfriado, seguido da redução do consumo de energia elétrica específicos, diminuindo desta forma os custos com investimentos e operações. O novo modelo também pode ser aplicado a um resfriador existente, aumentando a capacidade em aproximadamente 15%, sem a necessidade de aumentar o volume de ar resfriado.

O modelo avançado do Escoadouro de Carga do Resfriador garante uma distribuição mais homogênea da sinterização no resfriador, mantendo diâmetros maiores próximo à parte inferior e menores próximo à parte superior. Isto aumenta o desempenho de resfriamento, reduz o consumo de energia de ventiladores e previne danos aos equipamentos. Para aumentar ainda mais a eficácia da usina de sinterização, oferecemos diversos tipos de sistemas de recuperação de calor, que podem ser instalados no resfriador de sinterização ou no sistema de gás residual da máquina sinterizadora, onde o calor sensível do ar emitido é utilizado para gerar uma quantidade significativa de energia elétrica ou vapor do processo.


Serviços especializados de sinterização

A Siemens VAI oferece um vasto catálogo de serviços para ajudar nossos clientes a acompanhar os desafios enfrentados pela indústria de produção de ferro em todo o mundo. Começando com a consultoria operacional e avaliação da usina, ajudamos os clientes a manter a alta produtividade com os custos mais baixos possível.

Também oferecemos serviços de consultoria operacional e de manutenção preventiva, e suporte aos clientes durante os períodos de inicialização e encerramento das atividades. Para assegurar o conhecimento especializado do processo, disponibilizamos treinamentos dentro e fora da empresa. Nosso catálogo de serviços também inclui serviços de pesquisa e análise, bem como testes de matérias-primas.